Collab shape - Flávio Grão

A Amee Skate Arte fez um shape  com o artista plástico Flávio Grão, natural de SBC- SP e com fortes influências do punk rock e skate dos anos 90.

Dentre tantas artes e exposições já realizadas, Flavio Grão fez desenhos para shapes na Sims ( marca de skate dos anos 90/2000) e recentemente fez a capa da banda Dead Fish. Veja a entrevista completa e conheça mais esse artista talentoso no site : www.ameeskatearte.com

 

Fotos e edição: João Lucas ( @joaolucasrt )

A AMEE SKT ARTE fez uma collab especial com a artista plástica Silvana Mello, uma gaúcha paulistana que expressa muita atitude, pro ativismo e criatividade em seus trabalhos e que também foi vocalista da banda de rock LAVA nos anos 90.
 A Silvana produziu duas artes que serão impressas nos shapes nos tamanhos 8”, 8,25” e 8,5”.  Ambas as artes são quantidades limitadas.
 Vendidos exclusivamente na loja virtual da Amee , na loja Zio Boardshop e
nas lojas parceiras.

 Ela expõem sempre seus trabalhos em variadas galerias de artes e
para saber mais sobre a Silvana Mello e onde ela estará com exposição
siga: @silvana_mello

 A loja Zio Boardshop , localizada em Lavras- MG é nossa parceira de longa 

data. Sempre  acreditando em  nossos produtos, lançamentos e exclusividades o que resultou  numa identificação  de conceitos e estilos. 

 E o resultado foi a criação de uma camiseta especial “AQUI É SKATE ” ,feita em malha 100% algodão com peças limitadas e disponíveis em 2 cores: preto e cinza mescla.
 São vendidas exclusivamente na loja virtual da Amee Skate e na loja Zio.

 Collab especial da Amee Skate Arte com a marca brasileira de skateboarding Stand Up ( 2011-2014).  A Stand Up foi uma marca de vestuário , shapes e acessórios de skate muito forte entre 2004 -2013 pelo qual teve uma equipe grande com nomes fortes, entre eles, Alexadrre Zik Zira e Daniel Marques.

  Foram mais de 12 modelos de skate montados com cores e desenhos exclusivos da Amee Skate Arte com material de muita qualidade!
  Foi uma parceria muito especial para nós da Amee e ficamos muito satisfeitos com o resultado.

Para a Amee sempre foi importante a inclusão do skate feminino em espaços somente ocupadas por homens. E a assinatura de um shape pro model era um desses espaços ( como outras várias) até então exclusivas por homens. Tanto para a Amee quanto para a skatista profissional Ligiane Xuxa foi um desafio e com certeza um marco importante para o skate feminino onde abriria a possibilidade e a certeza de que sim!  mulheres podem e devem ter produtos assinados pelas marcas!
A arte foi feita pela própria skatista que também é uma artista: pinta quadros, lixas e faz tatuagens tudo com autenticidade e estilo próprio.
É importante repostar a matéria sobre esse lançamento de 2014 já que muitos fragmentos desse evento foram perdidos com as atualizações dos sites e porque, também,  é um marco importante para a Amee.

Vídeo de como foi o processo para a Xuxa.

Acompanhe a matéria  feita  pelo site X Games,em 2014,  com as fotos do Uriel Basso.

Texto : X-Games / Uriel Basso

Os irmos Paulinho Barata e Fernando Araken parabenizando a amiga pelo lançamento do primeiro pro model.
Foto: Uriel Basso
Skatistas de várias regiões do Brasil que vieram para prestigiar o lançamento do pro model da Xuxa- Marta Linaldi, Estefania Lima, Pipa, Euli, Jaque Damasceno , Karin Lisboa, Suka, Aline Dantas…

Ter um nome assinado em um shape é um dos grandes sonhos de todo skatista que pretende seguir uma carreira. Muito mais que ter o nome estampado em um pedaço de madeira, este fato representa um marco na carreira de um skatista profissional. Em um pro model está agregado a valorização do skatista por todo o trajeto que ele percorreu até esta conquista. Mas isso, ainda é uma conquista para poucos no Brasil, principalmente para uma skatista profissional.

Puxando a responsabilidade e dando o devido valor a categoria a Amee Skt Art – marca feminina de skate idealizada pela skatista Tat Marques, desde 2009 – lança o 1º pro model de shape da skatista profissional Ligiane Xuxa, um dos maiores nomes do skate feminino nacional, escolhida em 2011 “Mellhor Skatista Feminino”, no Troféu CemporcentoSKATE.

Evelyn Laine, grande fomentadora do skate feminino no Brasil com a Ligiane Xuxa. Foto : Uriel Basso

 

Parceria de longa data entre skatistas profissional Junior Pig e Ligiane Xuxa. Foto Uriel Basso

“O conceito da Amee Skt Art é ser uma marca de skate. O estilo é skate feminino, mas somos skate. A marca já tem uma linha de shapes de qualidades e bem pensados, tanto para as mulheres como para os homens usarem. E a idéia de fazer um pro model da Xuxa é consequência da vontade que sempre tive de ver o skate feminino ser respeitado como skate. Eu ando de skate há muitos anos, já tive muitos patrocinadores, corri campeonatos, fiz parte de uma associação e sei o quanto é difícil para uma mulher se lançar como profissional, uma categoria que sempre lutamos para ter no feminino. Eu admiro o skate da Xuxa e respeito o trabalho e a atitude que ela teve em passar para profissional por estes motivos chamei ela para assinar o primeiro pro model da Amee. É a primeira vez que uma marca feminina lança um PRO Model de uma skatista profissinal.” – finaliza Tat Marques, proprietária da Amee Skt Art.

Tat Marques responsavel pela marca Amee Skate Arte e a skatista profissional Ligiane Xuxa. Foto Uriel

Para esta ocasião especial fizemos uma entrevista com Xuxa para saber mais detalhes sobre este marco no skate brasileiro.

O lançamento do pro model da Xuxa foi realizado no dia 19 de abril na Arena Clube do Skate (SP), que contou com uma exposição de arte e uma disputa de best trick feminino.

 

Jessika Barreto e Euli
Karen Feitosa- fs rock sllide . Foto Uriel

 

 

Acompanhe a entrevista:

Qual é a sensação de lançar seu primeiro pro model de shape por uma marca de uma outra skatista? 
É realmente surreal! Principalmente por conhecer a dona da marca, que é a Tat Marques e sua história com skate. E a melhor coisa é o fato de sermos skatistas mulheres que vivemos e respiramos basicamente os mesmos sonhos, e hoje poder ter esse sonho realizado é realmente indizível as emoções e a satisfação  que sentimos. Fora que é uma marca feminina, feita com um ótimo material, e esta ai no mercado para quebrar também esse tabu de que só porque é uma marca feminina homens não podem ou não se dão ao luxo de usar.

Mesmo com este grande reconhecimento sabemos que as condições para uma skatista poder viver do skate ainda é dificil não só no Brasil mas mundo afora. Qual é o motivo desta falta de investimento nas skatistas?

O motivo é a falta de pessoas visionárias. Digo isso as pessoas que estão no poder, que tem condições para valorizar essa categoria, mas infelizmente o recalque e a falta de atitude desses grandes donos de marcas fica a desejar…. é realmente lamentável porque hoje em dia temos uma legião de meninas e mulheres que dedicam sua vida no skate. É muito talento não sendo valorizado, mas essa história é milenar e assim como a Amee teve a atitude de valorizar e fazer acontecer, a esperança é a ultima que morre! Acredito que essa história milenar da desvalorização do skate feminino tanto aqui como no mundo a fora vai e já esta se transformando.

Qual a maior dificuldade de uma skatista conquistar este feito de ter um pro model no Brasil?
A maior dificuldade infelizmente é a falta de reconhecimento do mercado, pois hoje em dia no universo do skate feminino transbordam talentos.

Qual o conselho que você dá para outras meninas que pretendem se dedicar no skate e um dia conseguir lançar um pro model como você , além de conquistar o reconhecimento dentro deste meio tão concorrido?
É fazer o que ama com muito amor e alimentar todos os dias esse amor. Alimentar sua fé e alimentar o seu foco, o resto consequentemente vai conspirar e acontecer naturalmente. E aproveite sempre o hoje porque a vida a todo instante nos dá oportunidades, a morte não…viva!!

O que você achou da repercussão  do lançamento do seu pro model?
Foi muito foda! Quem estava presente no dia do lançamento sabe muito bem o significado deste “foda”.

Foram várias pessoas (evento realizado no Arena Clube do Skate) e foi ai que, não só eu quanto a Amee, recebemos um grande abraço do reconhecimento.

Acredito muito que esse reconhecimento vai ser maior do que já está sendo, pois para mim tudo que é plantado com amor, seus frutos, para os seres que realmente sabe apreciar será sim desejado, porque é só realmente provando a fruta para sentir a sua essência, seu sabor e sua qualidade.

Agradecimentos:
Gostaria de agradecer primeiramente a Tat Marques que acreditou, valorizou e concretizou um sonho de ter um pro model de shape com minha arte. Gostaria de agradecer também a todos envolvidos, amigas e amigos que sempre me fortaleceram! E um agradecimento especial ao Arena Skate Clube por ter apoiado o lançamento disponibilizando o local. Gratidão!

Shape pro model Ligiane Xuxa
Arte do lançamento do Pro Model Xuxa. Foto Suka

 

 

Por: Amee skate Arte
Fotos: Uriel Basso
Fonte entrevista: site X-games

Saiba mais sobre a Amee Skate Arte: aqui
Conheça os produtos da marca aqui

Há tempos o skate luta pela igualdade de gênero, sexualidade, raça, classe e vemos mais liberdade em relação a diversidade dentro do skate e isso abre uma infinita possibilidade de como expressar a criatividade dentro dessa nossa cultura tão plural. O skate é inclusivo. Algumas marcas fizeram campanha…

Conheço a Karen Jones há uns 16/17 anos e o que sempre me chamou à atenção foi a criatividade, multiatividades e o foco que tinha em seus diferentes objetivos. ⁣ ⁣ Influência pesada na propagação do skate feminino com suas inúmeras aparições em revistas, tvs (já foi entrevistada…

Pin It