Category

Skate

Category

 

Graduada em Educação Física, Aline Dantas é skatista e campeã do Street Master de 2019. Além das competições, ela executa um trabalho admirável em Vitória (ES), sua cidade natal.

Ela vem dando aulas de skate para crianças especiais, em uma das inúmeras mostras de que Skate realmente é para todos, independente de suas dificuldades e/ou limitações.

Aproveitei e conversei com ela para saber mais sobre o projeto. Leia o bate-papo logo abaixo:

Como e quando teve o insight de desenvolver esse projeto?

A muitos anos atrás eu já sonhava em trabalhar com esse público, porém tive primeiro a oportunidade de trabalhar em um projeto social, onde tive uma experiência com uma aluna que chegou com um tipo de deficiência física, foi um desafio para mim ensinar ela andar de skate e uma superação para ela que nunca tinha vivenciado a pratica do skate. De lá para cá a vontade de ver a galera andando só foi aumentando dentro de mim, sempre acreditei que todos pudessem andar de skate, independente das suas limitações. Só que eu não tinha ideia de como iria fazer isso, comecei a querer levar o skate para lugares que atende esse público. Percebi que alguns lugares ficavam com pouco de receio pois acham o skate perigoso. Só que quando se tem um desejo de fazer algo que irá beneficiar outras pessoas, as coisas fluem de maneira extraordinária.

Onde o projeto funciona?

Fui convidada por uma professora a dar uma aula para os alunos das APAE do município que moro, Vitória – ES. Foi uma experiência sensacional, tive feedback maravilhoso, pois a galera formou fila para andar de skate. Daí pensei, é possível! E foi, hoje atuo com aulas particulares para um público específico: crianças com paralisia cerebral, e que tem tido um resultado fantástico com skate. E paralelo a isso tudo, desenvolvo um projeto em uma escola estadual que é 0800, só para alunos com uma turma de alunos autistas, paralisia cerebral e surdo.

Seu projeto auxilia crianças, jovens e adultos especiais. A prática estimula em quê?

A pratica do skate para esse público para além da inclusão ao esporte, trabalha vários quesitos, como concentração, interação, confiança, auto estima, além do fortalecimento muscular e estímulos motores e novas possibilidades.

 

Qual é a importância da existência de projetos como esse no skate?

O skate é uma ferramenta extraordinária de transformação, enquanto skatista meu maior desejo é continuar levando o skate para todas as pessoas que não tem acesso, porque eu não carrego só um pedaço de madeira com 4 rodinhas, carrego o amor e a esperança.

 

Quais são suas metas para 2020?

Concluir a faculdade, fazer um intercâmbio com projetos que trabalham com esse público, aplicar o projeto em outras escolas e ajudar a galera que tem o desejo de implementar projetos com skate. Casar e ter filhos pode entrar também? (risos).

TEXTO:  Estefania Lima ( Site Divas Skateras)
Fonte: site 100%skate

No dia 30 de novembro e 01 de dezembro a pista de skate do Corinthians em SP recebeu uma quantidade histórica de skatistas femininas !Bateu record – mais de 140 competidoras de diferentes estados brasileiro. Muitas competiram apenas por diversão e outras pelo titulo de CAMPEÃ BRASILEIRA de 2019 e pelas vagas para o STU e Pan Americano de 2020.

A competição foi dividida nas categorias Street : Feminino 1, Feminino 2, Feminino Infantil e Feminino Master.  E no Banks : Feminino 1, Feminino 2, Feminino Infantil, Feminino Master e Feminino Grand Master.

A categoria infantil foi um show à parte! Pequenas skatistas cheias de charme e estilo mesmo algumas tendo o auxilio dos papais skatistas,  mostraram que o futuro promete!

A skatista Mayte Pires de Genova Medeiros de apenas 8 anos, vinda direto de Cabo de São Agostinho – PE, levou o título de CAMPEÃ BRASILEIRA de 2019 na modalidade STREET INFANTIL, foi recebida com festa e cartazes no aeroporto de volta para casa e com o lindo troféu .

Destaque para a pequena Alice Barros de 6 anos que veio direto de Goiânia – GO. Portadora de Síndrome de Down, competiu na categoria Street Infantil ao som da música : Muita Treta do cantor Apocalipse16/Pregador de Luo.

A categoria master uma mistura de mães, skatistas, amantes do esporte e das competições mostraram toda sua raça, força, coragem e detonaram!

A competição do Street Feminino 2 surpreendeu os juízes, iniciantes executando uma variedade de manobras de alto nível, com segurança, constância e excelente aproveitamento da pista.

O Feminino 1 do Street mostrou uma crescente evolução e que temos atletas com potencial para as disputas nas Olimpiadas. A veterana de competições internacionais, apesar de só ter 14 anos, e grande favorita Virgina Fortes Águas do Rio de Janeiro venceu e levou o título de CAMPEÃ BRASILEIRA de 2019.

Agora, a cereja do bolo foi realmente a competição do Feminino 1 no Banks, onde a grande revelação foi a skatista Raicca Ventura de apenas 12 anos que desbancou as favoritas e levou o título de CAMPEÃ BRASILEIRA de 2019.

Confira os resultados:

 

Agradecimentos a todos que apoiaram: ETNIES, ANARQUIA, INTRUDER, AMEE Skate Arte, AROMAGIA, BLACK SHEEP, BM JÓIAS, CUPNOODLES, ECOPRINT, 8EYES STREET WEAR, ELEMENT WOMAN, ITSOCKS, KEMP, LEJON, LIFESTYLE, MAD RATS, MARY JANE, NEW, NIGGLI PADS, OLS, SKATE DOS SONHOS, TRAXART, UNIP, URGH, VERTICAL.

Fonte: Afsk

Assista o video completo de mais um video do WBATB!

As brasileiras em mais um game no Berrics! Dessa vez a skatista que começou novinha (com 8 anos) a Karen Feitosa local do Guarujá SP  versus a Marina Gabriela que é skatista de Jaguariúna . Ambas pesada no rolê!
Neste game era para ser a Leticia Bufoni x Karen mas a Leticia não pode ir dando oportunidade para a Marina mostrar seu solo. Karen vai para a próxima etapa com a Lacey Baker.
#ameeskatearte

Veja o video do game:

 

Após o sucesso do “CAMPEONATO BRASILEIRO DE SKATE FEMININO de 2018, a AFSK – Associação Feminina de Skate confirma a realização da edição de 2019.

Dias 30 de Novembro e 01 de Dezembro de 2019 na pista de Skate do SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA.

 

As categorias são:

.STREET: FEMININO MASTER, FEMININO INFANTIL, FEMININO 1 e FEMININO 2

.BANKS: FEMININO GRAND MASTER, FEMININO MASTER, FEMININO INFANTIL, FEMININO 1 e FEMININO 2

 

Será a maior confraternização do Skate Feminino nacional!

As vencedoras das categorias STREET e BANKS levarão o título de CAMPEÃ BRASILEIRA de 2019!

Além disso, as classificações da categoria FEMININO 1 serão utilizadas para selecionar as skatistas para o STU QS 2020.

 

As melhores colocadas no BANKS FEMININO MASTER, BANKS FEMININO GRAND MASTER STREET FEMININO MASTER estarão selecionadas para representar o Brasil nos Jogos Pan-Americanos Master em setembro de 2020 no Rio de Janeiro.

 

AS INSCRIÇÕES SERÃO ANTECIPADAS ( pelo link abaixo).

CLIQUE NO LINK E FAÇA SUA INSCRIÇÃO:  http://bit.ly/afsk-inscricao2019 

 

NÃO será realizada inscrições no dia da competição.

Para entrar no link, você precisa estar logada em uma conta do Gmail.

Na inscrição, pedimos para anexarem uma foto da competidora.
Faremos a divulgação da sua presença em nossas redes sociais. Recomendamos que escolha a foto antes de iniciar sua inscrição. Renomeie o arquivo da foto com seu nome e sua categoria,  por exemplo: TaiseAraujo-GrandMaster.

MENORES DE IDADE
Será necessário o preenchimento da ficha de autorização.
Ela deve ser impressa,  assinada pelo responsável e entregue para as nossas recepcionistas, na mesa de confirmação de inscrição.

ALOJAMENTO
Para acesso ao alojamento,  a ficha (com as normas de utilização), deverá ser impressa, preenchida e entregue para nossas recepcionistas que confirmarão a sua inscrição no dia.
No caso de acompanhantes, preencher o nome completo e documento de identidade conforme solicitado.
Cada acompanhante também deverá apresentar uma ficha do alojamento impressa e assinada.
Menores de idade deverão apresentar a ficha de autorização juntamente com a ficha do alojamento.

Atenção!
A entrada no alojamento será permitida apenas para as pessoas que apresentarem as fichas devidamente preenchidas.

Caso necessário, teremos fichas para preenchimento no dia, porém pedimos que levem impressa e assinada para agilizarmos o atendimento.

Você receberá por e-mail todas as informações sobre sua inscrição e um link para fazer alterações da inscrição feita, caso haja necessidade.

Qualquer dúvida, estaremos a disposição para esclarecimentos!
email: afskong@gmail.com

 

 

Lembrando que a skatista que for menor de 18 anos deve reconhecer firma da assinatura do responsável e entregar o TERMO no dia da competição, ou o responsável pode assinar presencialmente no evento.

 

Transporte, alimentação e estadia correm por conta de cada skatista.

 

Haverá alojamento e também será necessário preenchimento de ficha e reserva antecipada pois serão somente 50 vagas, em breve enviaremos a ficha.

 

Esperamos vê-las no dia 30 de Novembro de 2019!

Boas sessions a todas!

Por: AFSK

 

A Confederação Brasileira de Skate (CBSk) anuncia os integrantes da seleção brasileira de skate para a segunda janela da corrida olímpica, que vai até 31 de maio de 2020.

Os skatistas foram selecionados com base no ranking mundial da World Skate, atualizado após os mundiais de Park e Street realizados em São Paulo. Todos os brasileiros classificados entre os 20 melhores do ranking estão convocados, totalizando 21 atletas.

Confira os nomes:

Park feminino – Dora Varella, Isadora Pacheco, Yndiara Asp, Victoria Bassi e Letícia Gonçalves;
Park masculino – Luizinho Francisco, Pedro Barros, Pedro Quintas, Mateus Hiroshi, Murilo Peres e Hericles Fagundes;
Street feminino – Pamela Rosa, Rayssa Leal, Leticia Bufoni, Gabriela Mazetto, Virgínia Fortes Águas e Isabelly Ávila;
Street masculino – Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna, Carlos Ribeiro e Felipe Gustavo.

Seleção Brasileira
Para a preparação e participação das disputas sancionadas pela World Skate como classificatórias para a corrida olímpica, os atletas da Seleção Brasileira de Skate recebem ajuda de custo para as viagens, bolsa-auxílio mensal e contam com suporte médico, psicológico e de fisioterapia.

Os recursos para esse apoio são repassados à CBSk pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) por meio da Lei Agnelo/Piva.

Comissão técnica da CBSk
Integram a comissão técnica da CBSk os consultores técnicos Edgard Vovô (Park) e Rogério Mancha (Street), o coordenador técnico Julio Detefon, os fisioterapeutas Alison Paz e Carlos Barreto, o médico Maurício Zenaide e a psicóloga Juliane Fechio.

Skate nos Jogos de Tóquio 2020
Em Tóquio, Park e Street serão representados por 20 atletas por categoria – feminino e masculino –, totalizando 80 skatistas que serão definidos ao longo de duas janelas classificatórias estabelecidas pela World Skate para a corrida olímpica.

A primeira delas encerrou com as disputas dos mundiais de Park e Street de 2019, em São Paulo. O segundo ciclo acontece de 1º de outubro de 2019 a 31 de maio de 2020.

Os resultados obtidos nesse período formarão o chamado ranking olímpico, composto pelas duas melhores notas da primeira janela e pelas cinco melhores notas da segunda janela.

O ranking leva em consideração o desempenho do atleta nos campeonatos mundiais, pro tours, 5 estrelas, continentais e nacionais. Sempre em eventos chancelados pela World Skate.

Ao final da segunda janela classificatória, terão vaga garantida nas Olimpíadas os atletas selecionados a partir dos critérios abaixo:

– os três melhores colocados – campeão, vice e terceiro – dos mundiais de skate (Park e Street) da temporada 2020 estarão diretamente classificados, independente da pontuação que tiverem somado até então na corrida olímpica;

– uma vaga destinada ao país-sede (Japão) para o/a atleta mais bem colocado/a no ranking mundial, independente da posição;

– os 16 melhores colocados do ranking olímpico da World Skate respeitando-se o limite máximo de três atletas por país e o mínimo de um representante por continente. Ainda devem ser desconsiderados os pódio dos mundiais de 2020 e a vaga reservada ao país-sede. Com base nesses limitadores, atletas abaixo dos 16 primeiros também podem estar entre os classificados;

Além disso, para poder participar dos Jogos de Tóquio 2020, o atleta precisa estar presente no ranking da World Skate, em sua modalidade de disputa, no dia primeiro de junho de 2020 e ser reconhecido pela Federação Nacional de Skate de seu país – a CBSk no caso brasileiro – ou possuir uma licença válida para a prática do esporte.

Brasil nas Olimpíadas
A partir dos critérios estabelecidos para as Olimpíadas, o Brasil poderá contar com até 12 atletas no total em Tóquio – três no Park feminino, três no Park masculino, três no Street feminino e três no Street masculino.

A participação desse número limite dependerá do desempenho dos brasileiros nas duas janelas classificatórias, seguindo as prerrogativas mencionadas anteriormente.

POR: TRIBO SKATE

 

 

No sábado, dia 19/10, rolou muito skate no “Destroy and Create 19”, na Praça dos Arcos, como parte da programação do adidas Skate Copa Classics São Paulo.

Para quem não se lembra, esta praça foi o cenário para a icônica primeira edição do “Destroy and Create” realizado em 2010, que contou com demos do time completo adidas Skateboarding por aqui, incluindo o lendário Mark Gonzales “The Gonz”, onde a adidas construiu uma escultura skatável no local, que existe até hoje.

Desta vez, a marca instalou novos obstáculos no local, sob supervisão do skatista profissional Klaus Bohms. A Pug foi a responsável pela execução da obra. O local serviu de palco para demo do time adidas Skateboarding, nacional e internacional, além de competições para amadores (masculino e feminino) e uma disputa profissional em parceria com a CemporcentoSKATE, que convidou alguns dos skatistas.

A premiação aconteceu no estilo Tricks for Cash, mas também premiou os dois melhores profissionais em dinheiro. Johnny Melhado foi o vencedor, seguido por Marcelo Formiga.

Veja algumas das fotos de Renato Custódio:

 

 

fonte: site 100% Skate

O Empire Open é um campeonato pro e amador que acontece em Montreal – Canadá com uma premiação de 40.000,00 $ .
Duas brasileiras correram esse champ e se deram bem!Virginia Fortes Aguas ficou em 1º lugar e Monica Torres ficou em 5º lugar.
No vídeo o role da Virginia

 

Resultados Empire Open 2019- Feminino
01 Virgínia Fortes Águas
02 Annie Guglia
03 Meagan Guy
04 Sophie Grant
05 Monica Torres
06 Tonia Sanzo
07 Maddy Balt
08 Nicole Hawkins
09 Chloe Morin
10 Fay Ebert

No masculino quem ganhou foi o Jake Ilardi’s

por: Amee Skate 

No ano passado, a Street League Skateboarding reformulou o formato do World Championship.

Diferente das antigas edições, onde participavam os oito skatistas com a melhor pontuação do ranking, no World Championship 2018 apenas quatro atletas já estavam na final.

As outras quatro vagas foram disputadas por meio de quartas-de-final e semi-finais.

Baseado nesse novo formato, a SLS decidiu modificar todo o circuito para 2019. A começar pelo evento Pro Open, que foi retirado do calendário.

A partir de agora, cada uma das paradas do Tour vai contar com um primeiro round qualificatório para 75 skatistas de todos os países.

Os dez melhores seguem para as quartas de final e se juntam aos skatista entre a 21ª e 38ª posições no ranking de 2018 e mais quatro skatistas bem colocados no ranking.

Os dez primeiros colocados desta fase avançam para as semis e disputam contra os primeiros 20 colocados do ranking de 2018. Avançam oitos skatistas, que disputam a final do evento.

As meninas terão um formato parecido.

O primeiro round pode contar com mais de 75 skatistas. 12 avançam para a semi final e encaram as 18 primeiras colocadas do ranking do ano passado.

As oito melhores colocadas da fase disputam a final do evento.

As datas e paradas do circuito de 2019 da Street League Skateboarding ainda não foram divulgadas.

No vídeo abaixo, Andrew Cannon explica um pouco do novo formato das etapas da Street League. Para mais informações, acesse o site da SLS.

 

 

fonte: TriboSkate

Fotos : Rafaela Texeira @rafa_ela_fotografia
 Foi uma grande confraternização onde estreitou laços na cultura da arte de rua, incentivou meninas a andar de skate e as meninas puderam trocar experiências e histórias.
 No skate rolou uma Jam session onde correram 6 meninas entre elas a Alice de 4 anos.
 O resultado final foi:
1° Carol Costa ( 3 Corações -MG) @carolcosta.skt
2° Tat Marques ( Lavras -MG) @tat_marques
3° Thay  (Lavras – MG) @thay_walcow
4° Ana Luiza Messias ( Lavras -MG) @ana.florart
5° Natália Gomes (3 Corações -MG) @gomes.nc16
6° Alice Marques.
 No best trick quem ganhou foi a Carol Costa com bs flip na lateral da pirâmide que levou pra casa R$150,00. Is juízes foram os skatistas locais Yago (@bertoluccifer_) e João Bruzzi (@joaopaulobruzi).
 Carol Costa – 1º lugar e ganhadora do Best trick
Tat Marques 2º lugar
Thay – 3º lugar
Ana Luiza- 4º lugar
 Natalia Gomes – 5º lugar
Alice Marques- 6º lugar
Teve graffiti com a designer e tatuadora Fernanda Lhama @fernandalhama e com a grafiteira Patrícia Rosa @patriciarosa3332 e Lamb Lamb com a artista e tatuadora Tainá Novellino @tainanovellino que também é responsável pelo festival Mulheres no Volante que é um festival cultural feminista independente realizado desde 2007 em Juíz de Fora (@festivalmulheresnovolante).

Fernanda Lhama- Graffiti
Patricia Rosa- Graffiti

Tainá Novelline – lamb lamb
  Os registros ficou por conta da fotógrafa Rafaela Teixeira @rafa_ela_fotografia, o som com o Diego Fritz @fritznobeat e a locução com o Fabrício Zio @fabriciozio.
Diego Fritz – DJ
Fabricio Zio – locução.
 Organização: Tat Marques
 Patrocínio/ apoio. : Zio BoardShop (@zioboardshop_) / Amee Skt Arte (@ameeskate) / Cactus Mexicano / Farmácia Descontão / Mangá / Pel .
Pin It