Tag

olimpiadas

Browsing

Entre muitas discussões e reprovações do skate nas Olimpíadas eis que chegou o momento: O skate esta nas Olimpíadas e ainda é a promessa de ouro para o Brasil!

As Olimpíadas em Tóquio 2021 vai ter sua estreia ( cerimônia ) no dia 23 de julho as 8h da manhã e o skate vai ser no dia 25 de julho as 9h ( horário do Japão) .Vai ser transmitido nos canais da Esport Tv e na Globo.

Mas quem são os skatistas que vão participar?

Esta dividido em 2 modalidades: o street e o park e cada modalidade terão 6 skatistas ( 3 masculinos e 3 femininos) no total de 12 skatistas profissionais!

Na modalidade do Street :
_ Leticia Bufoni – SP
_ Pamela Rosa -SP
_ Rayssa Leal – MR
_ Kelvin Hoefler – SP
_ Felipe Gustavo (Bochecha) – DF
_ Giovanni Vianna – Santo Andre- SP

Na modalidade Park :
_ Yndiara Asp – SC
_ Dora Varela – SC
_ Isadora Pacheco – SC
_ Pedro Barros – SC
_ Luiz Franscisco
_ Pedro Quintas

Qual a principal chance de medalha do skate brasileiro?

O street feminino é o grande carro-chefe do Brasil nessas Olimpíadas e principal modalidade com chance de medalha. O país conta três skatistas entre as quatro melhores do ranking: Pamela (1º), Rayssa (2º) e Leticia (4º). As três possuem chance de pódio, embora seja complicado que as três conquistem medalhas.

O street masculino brasileiro tem como principal candidato à medalha, Kelvin Hoefler, o então quarto colocado no ranking mundial. Ainda compõem a equipe os atletas Felipe Gustavo e Giovani Vianna, mas 17º e 19º no ranking, respectivamente.

Por outro lado, no park feminino, o brasil é composto por Yndiara Asp, Isadora Pacheco e Dora Varella. Ambas não chegaram à final do Mundial de 2021, mas podem ser surpresas na competição. Dora Varella é a melhor posicionada no ranking, em 9º. Isadora Pacheco é a 11ª, enquanto Yndiara Asp está em 14º.

Por fim, no park masculino, o Brasil também surge como um fortíssimo candidato à medalha. O país terá Luiz Franscisco e o multicampeão Pedro Barros, que então ocupam terceiro e quarto no ranking, respectivamente. Completa a equipe o skatista Pedro Quintas, bronze no Mundial de 2019, mas atual 10º colocado do ranking.



Por: Amee Skate
Fontes: CDI
CBSK
Canal OFF

Após anunciar que a Nike havido rompimento unilateralmente o contrato de patrocínio, a Confederação Brasileira de Skate renovou com a marca por mais um ano, contemplando assim os Jogos Olímpicos de Tóquio.

“O contrato entre Nike e CBSK, com vigência até dezembro de 2020, foi estendido e cobrirá os Jogos Olímpicos de Tóquio, garantindo que a Seleção Brasileira de Skate continue recebendo os uniformes e equipamentos necessários para competir em alto nível”, destacou a empresa em comunicado.

Anteriormente, a CBSk ( Confederação Brasileira de Skate) se viu obrigada a prospectar uma nova parceira em meio à preparação para os Jogos de Tóquio. Com o adiamento do evento, a própria marca americana renovou seus acordos com as confederações de atletismo e basquete, que iriam até dezembro de 2020.

Carlos Ribeiro com o uniforme da Seleção Brasileira de Skate.

Estreante nos jogos que serão realizados na capital japonesa, cada país pode levar até três atleta por modalidade (park e street) e por genêro (masculino e feminino). Assim, o Brasil tem grandes chances de conseguir medalhas porque alguns dos melhores skatistas do mundo são brasileiros, tanto no masculino como no feminino que é o caso da Rayssa Leal de apenas 13 anos de idade.

Rayssa Leal com o uniforme do Brasil e Paul Rodriguez com o uniforme dos USA.
Ishod Wair com o uniforme da França.

por: Amee Skate Arte

fonte: MKTEsportivo

Para muitos, as Olimpíadas de Tokyo vão ficar marcadas como a estréia do skate como modalidade na competição.

Sendo assim, no NIKE INNOVATION 2020, a marca apresentou todas as inovações, tecnologias e produtos criados para os jogos.

No skate, a filosofia dos produtos segue um grande guarda chuva da empresa onde o objetivo é reduzir as emissões de carbono sob o lema MOVE TO ZERO.

Todas as peças são fabricadas com 100% de poliéster reciclado e o responsável pelo desenho foi ninguém menos que PIET PARRA, colaborador antigo da NIKE que recentemente assinou uma coleção cápsula para a linha de skate.

O uniforme da seleção brasileira é inspirado na beleza do Rio de Janeiro com as cores da cidade e o Pão de Açúcar. Já o da França faz referência ao tênis, um dos esportes mais populares do país e tem um galo como símbolo. Por último, a seleção dos Estados Unidos que teve seu uniforme pensado a partir dos uniformes de basquete e uma águia bordada como detalhe.

Lembrando que as peças são feitas para alta performance e serão usadas pelos skatistas na competição e devem chegar nas lojas na mesma época.

BRASIL


FRANÇA

USA
Fonte: SneakerBr
Cada skatista /atleta terão  liberdade para escolher com que roupas, dentro do kit elaborado, que vão correr o campeonato.
abaixo as opções.

 

 

E vocês?
O que acharam?
deixe seu comentário aqui!
AMEE

Pin It